Queda de Cabelo Pós-Bariátrica

A queda de cabelo após a cirurgia bariátrica, também conhecida como cirurgia de perda de peso, é um efeito colateral relativamente comum que muitas pessoas experimentam durante o período de recuperação.

Por outro lado, esse fenômeno, conhecido como eflúvio telógeno, e embora possa ser preocupante à primeira vista, é geralmente temporário e reversível.

Causas da Queda de Cabelo após a Cirurgia Bariátrica:

De fato, a queda de cabelo após a cirurgia bariátrica ocorre principalmente devido a dois fatores principais:

Mudanças Nutricionais:

Primeiramente, após a cirurgia bariátrica, a capacidade do estômago para a ingestão de alimentos é significativamente reduzida. Consequentemente, isso pode levar a uma ingestão calórica e nutricional insuficiente, resultando em deficiências de nutrientes essenciais para a saúde do cabelo, como proteínas, vitaminas (como a vitamina D e biotina) e minerais (como o ferro e o zinco).

Estresse Metabólico:

Em segundo lugar, o corpo passa por um período de adaptação após a cirurgia. Durante uma fase de perda de peso rápida, o corpo frequentemente entra em um estado de estresse metabólico. Dessa forma, isso pode levar a uma interrupção no ciclo normal de crescimento capilar. O cabelo passa da fase de crescimento (anágena) para a fase de repouso (telógena) mais rapidamente do que o normal. Assim, ocorre uma maior quantidade de cabelo em fase de queda, levando à perda visível de cabelo.

Duração da queda de cabelo:

Ademais, a queda de cabelo geralmente começa a ser notada por volta de 3 a 6 meses após a cirurgia bariátrica e pode durar até cerca de 6 meses a 1 ano. Isso varia dependendo da rapidez com que o corpo se adapta às mudanças. Felizmente, a maioria das pessoas experimenta uma recuperação gradual dos cabelos à medida que o corpo se recupera e se estabiliza.

Cuidados e dicas:

  1. Nutrição Adequada: Uma das chaves para minimizar a queda de cabelo pós-bariátrica é garantir que você receba todos os nutrientes essenciais. Nesse sentido, consulte um nutricionista para garantir que sua dieta seja bem equilibrada e atenda às suas necessidades nutricionais.
  2. Suplementação: Além disso, se necessário, seu médico pode recomendar suplementos de vitaminas e minerais para garantir que você receba os nutrientes adequados para a saúde do cabelo.
  3. Cuidados Capilares: Recomenda-se usar produtos suaves e adequados para seu tipo de cabelo, evitar penteados apertados, tratamentos químicos agressivos e minimizar o uso de ferramentas de calor.
  4. Hidratação adequada: Beber água suficiente é fundamental para a saúde do cabelo e do couro cabeludo.
  5. Evite o Estresse Excessivo: O estresse emocional pode agravar a queda de cabelo. Portanto, praticar técnicas de relaxamento, como ioga, meditação e exercícios leves, pode ajudar.
  6. Paciência: Importante lembrar que a queda de cabelo é temporária e geralmente melhora com o tempo. Tenha paciência e continue cuidando de sua saúde geral.
  7. Acompanhamento Médico: Por último, caso a queda de cabelo persista ou seja preocupante, consulte seu médico ou dermatologista. Eles podem ajudar a determinar se há algum problema subjacente que precisa ser tratado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima